World Surf League segue sem competições

OAHU, UNITED STATES - DECEMBER 8: A rainbow appears before the start of the opening ceremony of the 2019 Billabong Pipe Masters taking place at Pipeline in the early morning on December 8, 2019 in Oahu, United States. (Photo by Kelly Cestari/WSL via Getty Images)

Pipeline no Havaí (Foto: Kelly Cestari / WSL via Getty Images)

Circuitos Mundiais da World Surf League seguem parados

By WSL Latin America

– Devido à evolução contínua da pandemia do COVID-19, a World Surf League (WSL) continua a adiar ou cancelar todos os eventos agendados anteriormente, em todos os Circuitos. A próxima chamada será no início de julho.

Publicidade

——————————————————————

João Carvalho – jcarvalho@worldsurfleague.com

WSL Latin America Media Manager

Felipe Marcondes – fmarcondes@worldsurfleague.com

Senior Manager, Content & Marketing

World Surf League (WSL)

——————————————————————

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América Latina, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem promovendo os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 230 eventos globais masculinos e femininos no ano para definir os campeões mundiais do World Surf League Championship Tour, Big Wave Tour, Redbull Airborne, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, além do WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, enquanto incentiva a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis da WSL. A World Surf League é pioneira em streaming online para uma enorme legião de fãs apaixonados e interessados em ver as grandes estrelas, como Kelly Slater, Stephanie Gilmore, John John Florence e vários brasileiros, como Gabriel Medina, Adriano de Souza, Filipe Toledo, Italo Ferreira, Silvana Lima, Tatiana Weston-Webb, competindo no campo de jogo mais dinâmico e imprevisível de todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.