Voltando ao Surfe

Surf-Treino

Preparação Ideal Para Voltar A Surfar

Se você está decidido a voltar a pegar ondas, este artigo sobre a preparação ideal para retornar ao surf é para você.

Depois de listarmos uma série de benefícios que a prática do surf pode nos trazer, o passo a passo de como fazer isso e também uma amostra de 8 modelos de pranchas para voltar a surfar, chegou a hora de se saber como se preparar física e mentalmente para isso.

Segure A Ansiedade

Inegavelmente ficamos ansiosos quando estamos prestes a realizar alguma atividade pela qual esperamos por muito tempo. Seja ela inédita ou não, se for algo com o qual sonhamos e desejamos muito, esta sensação acaba vindo à tona. De fato não há nada de errado nisso, apenas não podemos deixar com que esta ansiedade nos domine. Mantenha-se calmo, centrado e pense positivo, acredite que tudo sairá bem.

Publicidade

A prática da meditação e o controle da respiração são excelente ferramentas neste momento. Cada dia mais e mais surfistas são adeptos destas práticas, as quais nos mantêm presentes e conscientes, controlando os batimentos cardíacos e nos fazendo estar presentes no momento. Certamente isso ajudará a controlar a ansiedade e fará com que a experiência de volta às ondas seja leve e tranquila, da forma que esperávamos que fosse.

Atualmente existem diversas formas que auxiliam na prática da meditação, caso você seja iniciante. Aplicativos de celular e vídeos no YouTube são ótimas fontes para que está iniciando, com meditações guiadas que facilitam e muito na hora de concentrar-se nos ciclos respiratórios.

Preparo Físico

voltar ao surf

Conforme já falamos em outras oportunidades, o preparo físico é essencial no surf. Aliás, para a prática de qualquer esporte é necessário que o corpo esteja bem preparado. Sem dúvida, com o surf não é diferente, principalmente para aqueles que estão parados há muito tempo. Sair de uma condição de nenhuma hora de surf por ano direto para a água pode causar desconforto, lesões e até mesmo colocar a saúde física em risco.

Portanto, recomendamos que inicie sua preparação física o quanto antes. Há muitos tipos de treinos que podem ser bastante úteis para o surfista, tais como natação, yôga, musculação, funcional, ginástica natural, entre outros. O importante é que procure um profissional educador físico capacitado para ministrar seus treinos, visando o melhor aproveitamento e desenvolvimento de sua capacidade física.

Certamente a forma ideal de atingir os melhores resultados é praticando atividades bem completas, que trabalhem tanto sua força, quanto sua resistência e principalmente que tragam maior mobilidade e flexibilidade nos movimentos. Assista ao vídeo abaixo com exercícios para melhorar a resistência na remada e pegar mais ondas:

Fortalecimento Do Core

Em condições de surf de beach break, onde as ondas tendem a ser mais curtas e há arrebentação, o surfista geralmente fica em torno de 60% do tempo em que está na água deitado. Outros 30% sentado na prancha e apenas 10% do tempo surfando realmente, em pé na prancha. Estamos sendo bastante generosos com esses números, levando em consideração condições de ótimas ondas, longas e abrindo.

Isto posto, é de suma importância que o surfista tenha a região do core bem treinada e desenvolvida. Mas o que seria esse core? Bem, nada mais é do que um conjunto de músculos localizado nas partes mais profundas de tronco e pelve. Esta região compreende músculos abdominais, lombares, glúteos e oblíquos.

Segundo a educadora física Dáfine Zielinski: “O core é responsável por suportar e estabilizar a bacia, pelves e abdômen. Seu trabalho é de extrema importância pois oferece equilíbrio a partir do centro para as extremidades do corpo. Para um surfista obter maior eficiência em suas manobras é essencial que a produção de força, a aceleração, a desaceleração e o controle do core sejam eficazes. Para isso, o trabalho de alinhamento corporal, equilíbrio, força e estabilização em movimento sejam grande parte do treinamento de um surfista”.

Levando em conta o que foi dito pela profissional de educação física, segue um exemplo de treino focado na região no core. Assista!

Preparo Técnico

voltar ao surf

Além do preparo físico, é interessante que se faça um trabalho de preparo técnico antes de voltar para o surf. Como muitos estão há anos longe das ondas, a parte técnica fica extremamente prejudicada, dificultando a execução de movimentos que antes era simples. Simular situações de posições corporais, tais como a subida na prancha, a cavada e a o posicionamento dos pés na prancha são de fundamental importância.

O ideal é buscar conhecimento teórico e prático com especialistas de treinamento de surf. Hoje em dia há cada vez mais treinadores disponíveis no Brasil, tanto em atividade presenciais quanto online, os quais podem auxiliar o surfista de modo que quando chegar a hora de enfrentar as ondas, os movimentos já saiam naturalmente. Dessa forma, o aproveitamento do tempo dentro d’água e principalmente daqueles segundos em pé na prancha será muito maior.

Sem dúvida outra ferramenta interessante que pode auxiliar e muito na execução dos movimentos corretos é o uso do skate simulador de surf. Há diversas marcas que produzem este tipo de skate no mercado. Eles realmente são o que se tem de mais próximo ao surf fora d’água. Os movimentos de pernas, quadril, tronco e membros superiores podem ser simulados no skate, para que quando o surfista for executá-los nos mar, seu corpo já esteja habituado àquilo, criando uma espécie de memória muscular.

voltar ao surf

Método Power Surf

Rumo Ao Mar

Seguindo todos, ou pelos menos alguns dos passos explanados neste artigo, inegavelmente a experiência gradual de retorno ao surf será muito mais agradável. Lembre-se que é um trabalho de resultados a médio e longo prazo, portanto, mantenha seu ritmo de treinos e meditações, pois certamente sentirá os resultados positivos e constante evolução toda vez que entrar no mar para surfar.

Se você tem amigos ou amigas que pegam onda, encaminhe-os o link desta página para que eles também possam conhecer alguns segredos da preparação para o surf, afinal, por mais que eles estejam na ativa, é sempre bom evoluir e alcançar o próximo nível.

Para finalizar, assista abaixo ao surfista profissional top da WSL Frederico Morais, de Portugal, executando um de seus treinamentos funcionais. Este treino é apenas um dos quatro que ele postou em suas redes sociais durante a quarentena em seu país por causa da pandemia da Covid-19.