Surfistas pedem “união” e fazem homenagem a Floyd

Foto : Reuters

Milhares de surfistas pedem “união” e fazem homenagem a George Floyd na Califórnia

Grupo usa as pranchas para escrever mensagem e depois faz remada simbólica em apoio ao movimento “Vidas Negras Importam”

Milhares de surfistas se reuniram na última quarta-feira na Praia de Moonlight Beach, em Encinitas, na Califórnia (EUA), para fazer uma remada simbólica em homenagem a George Floyd e ao movimento “Vidas Negras Importam”. Usando suas pranchas na areia, os surfistas escreveram a palavra “união” e em seguida entraram no mar.

– Enquanto ainda estamos lutando para encontrar palavras para descrever o que aconteceu ontem, começaremos com apenas uma: união – escreveu nesta quinta-feira um dos organizadores do evento, a Changing Tides Foundation, em suas redes sociais.

Milhares de surfistas fazem remada em memória ao movimento "Vidas Negras Importam" — Foto: Reuters
Publicidade

Milhares de surfistas fazem remada em memória ao movimento “Vidas Negras Importam” — Foto: Reuters

A tradição dos surfistas de se juntarem para fazer uma remada simbólica de despedida também reuniu no último fim de semana cerca de 300 pessoas na praia de Launiupoko, na Ilha de Maui, com o mesmo propósito.

George Floyd morreu há pouco mais de uma semana em Mineápolis, nos EUA, depois de ser preso e imobilizado pelo policial Derek Chauvin, que ficou ajoelhado sobre o pescoço Floyd por pelo menos sete minutos. Muitas manifestações estão acontecendo pelo mundo em homenagem a George.

Mulher levanta prancha em protesto à morte de George Floyd, com a mensagem: "Não posso respirar"  — Foto: Reuters

Mulher levanta prancha em protesto à morte de George Floyd, com a mensagem: “Não posso respirar” — Foto: Reuters

 

 Por globoesporte.com