Oito sul-americanos nas oitavas do QS 6000 de Pantin

Silvana Lima (BRA) .Pantin Pro 2017
Silvana Lima. Foto: Masurel – WSL
By João Carvalho

Os brasileiros mantiveram a maioria entre os concorrentes ao título do QS 6000 Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro na Espanha. Cinco passaram para as oitavas de final na sexta-feira na Playa de Pantin, os paulistas Jessé Mendes e Alex Ribeiro, os catarinenses Tomas Hermes e Yago Dora e o cearense Michael Rodrigues. O peruano Miguel Tudela também avançou com vitória sobre dois brasileiros numa bateria sul-americana na Espanha. Na categoria feminina, foram realizadas duas fases para definir os duelos das oitavas de final e a brasileira Silvana Lima e a equatoriana Dominic Barona conquistaram suas vagas. O título feminino será decidido no sábado, mas o masculino somente no domingo em Pantin.

Já a equatoriana Dominic Barona tenta uma vaga no grupo das seis surfistas que o QS classifica para o CT feminino. Ela chegou na Espanha em 19.o lugar no ranking e já ganhou três posições, porém precisa chegar na grande final para superar os atuais 8.980 pontos da australiana Phillipa Anderson, que está fechando o G-6 no momento. As duas estrearam no QS 6000 da Espanha na mesma bateria e Dominic ganhou dela. Agora, voltarão a se encontrar num confronto direto na penúltima oitava de final.Com os 1.550 pontos já garantidos na Espanha, Silvana Lima vai entrar na bateria contra a havaiana Brisa Hennessy na liderança no ranking do WSL Qualifying Series, pois ultrapassou a norte-americana Sage Erickson, que não foi competir na Galicia. A disputa pela ponta será fase a fase com a havaiana Tatiana Weston-Webb e ficará na frente quem conseguir o melhor resultado no Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro. Também estão na briga pelo primeiro lugar as australianas Keely Andrew e Bronte Macaulay, a norte-americana Caroline Marks e a neozelandesa Paige Hareb.

Dominic Barona (Foto: Masurel – WSL)
Publicidade

Outras quatro surfistas da América do Sul competiram na primeira rodada feminina da sexta-feira na Espanha. As peruanas Anali Gomez e Melanie Giunta foram as primeiras a disputar vagas para a rodada classificatória para as oitavas de final. Mas, elas e ainda a argentina Josefina Ane e atual campeã sul-americana, Nathalie Martins, não conseguiram. Apenas Silvana Lima e Dominic Barona triunfaram, estreando com vitórias em duas baterias seguidas.

MAIORIA BRASILEIRA – No QS 6000 masculino, a maioria brasileira entre os concorrentes ao título do QS 6000 Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro foi mantida na sexta-feira. São cinco entre os dezesseis que passaram para as oitavas de final e um peruano reforçando a participação sul-americana na Espanha. Três norte-americanos, três franceses, dois australianos e dois havaianos, também querem a vitória que vale importantes 6.000 pontos na briga por vagas para o CT 2018.

Yago Dora (Foto: Masurel – WSL)

A primeira bateria da sexta-feira em Pantin foi 100% sul-americana, com três surfistas que moram em Santa Catarina. O catarinense Yago Dora e o cearense Michael Rodrigues usaram os aéreos para derrotar o uruguaio Marco Giorgi. Yago registrou imbatíveis 16,16 pontos com notas 8,33 e 7,83 e Michael somou duas de sete pontos. Yago Dora já subiu do sétimo para o quinto lugar no ranking do WSL Qualifying Series e vai disputar a primeira vaga para as quartas de final com o australiano Wade Carmichael. Michael Rodrigues entra no duelo seguinte com o francês Marc Lacomare.

Já a terceira bateria do sábado será 100% brasileira, com o líder do ranking e novidade já confirmada no CT 2018, Jessé Mendes, e o também paulista Alex Ribeiro, que tenta retornar ao grupo dos dez que se classificam para a elite dos top-34 da World Surf League pelo Qualifying Series. Para conseguir isso na Espanha, precisa chegar nas semifinais para tirar a vaga do japonês Hiroto Ohhara e também ultrapassar o americano Patrick Gudauskas, penúltimo colocado no G-10 que igualmente perdeu na estreia em Pantin.

Só que primeiro, Alex Ribeiro terá de passar por Jessé Mendes, que foi finalista nas três etapas do QS 6000 esse ano. Perdeu a primeira para Yago Dora, mas também na Austrália ganhou uma na semana seguinte e outra no Japão. Na sexta-feira, Jessé venceu o americano Evan Geiselman e o australiano Ryan Callinan por 14,03 pontos. Na bateria seguinte, mais uma 100% sul-americana, o peruano Miguel Tudela derrotou dois brasileiros e Alex superou o capixaba Rafael Teixeira na briga pelo segundo lugar. Nas oitavas de final, o peruano enfrenta Evan Geiselman logo após o duelo verde-amarelo entre Jessé Mendes e Alex Ribeiro.

Jesse Mendes (Foto: Masurel – WSL)

Outros quatro brasileiros disputaram classificação para o sábado na chave de baixo do evento, que vai apontar o segundo finalista do QS 6000 Pantin Classic Galicia Pro. Apenas o número 4 do ranking, Tomas Hermes, avançou e em segundo lugar na bateria com participação dupla do Brasil, vencida pelo australiano voador, Josh Kerr, com Thiago Guimarães sendo eliminado. O catarinense está na quinta oitava de final com o francês Jorgann Couzinet, que tinha acabado de despachar o paranaense Peterson Crisanto.

O paulista Flavio Nakagiima também perdeu, mas por pouco num dos confrontos mais disputados da sexta-feira nas esquerdas da Playa de Pantin. Ele foi superado apenas nas últimas ondas surfadas pelos seus oponentes. A nota 6,33 recebida pelo americano Nat Young, lhe garantiu a vitória por 13,00 pontos. A do havaiano Keanu Asing valeu 6,27 e com ela tirou Flavio Nakagima das oitavas de final por 12,64 a 12,23 pontos.

O QS 6000 Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro está sendo transmitido ao vivo da Espanha pelo www.worldsurfleague.com

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL), antes denominada Association of Surfing Professionals (ASP), tem como objetivo celebrar o melhor surf do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, promovendo os eventos que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Grant Baker, Phil Rajzman, Tory Gilkerson, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com

—————————————————————-

João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

—————————————————————-

OITAVAS DE FINAL DO QS 6000 PULL&BEAR PANTIN CLASSIC GALICIA PRO:

1.a: Yago Dora (BRA) x Wade Carmichael (AUS)

2.a: Michael Rodrigues (BRA) x Marc Lacomare (FRA)

3.a: Jessé Mendes (BRA) x Alex Ribeiro (BRA)

4.a: Evan Geiselman (EUA) x Miguel Tudela (PER)

5.a: Tomas Hermes (BRA) x Jorgann Couzinet (FRA)

6.a: Josh Kerr (AUS) x Andy Criere (FRA)

7.a: Kanoa Igarashi (EUA) x Nat Young (EUA)

8.a: Keanu Asing (HAV) x Imaikalani Devault (HAV)

OITAVAS DE FINAL FEMININAS DO QS 6000 PULL&BEAR PANTIN CLASSIC GALICIA PRO:

1.a: Dimity Stoyle (AUS) x Caroline Marks (EUA)

2.a: Tatiana Weston-Webb (HAV) x Minori Kawai (JPN)

3.a: Bronte Macaulay (AUS) x Frankie Harrer (ALE)

4.a: Paige Hareb (NZL) x Chelsea Tuach (BRB)

5.a: Silvana Lima (BRA) x Brisa Hennessy (HAV)

6.a: Keely Andrew (AUS) x Bianca Buitendag (AFR)

7.a: Philippa Anderson (AUS) x Dominic Barona (EQU)

8.a: Coco Ho (HAV) x Macy Callaghan (AUS)

RESULTADOS DA SEXTA-FEIRA NO QS 6000 DE PANTIN NA ESPANHA:

QUARTA FASE DO QS 6000 PULL&BEAR PANTIN CLASSIC GALICIA PRO:

———1.o e 2.o=Oitavas de Final e 3.o=17.o lugar com 1.050 pontos e US$ 2.000 de prêmio:

1.a: 1-Yago Dora (BRA)=16.16, 2-Michael Rodrigues (BRA)=14.00, 3-Marco Giorgi (URU)=12.27

2.a: 1-Marc Lacomare (FRA)=10.17, 2-Wade Carmichael (AUS)=8.67, 3-Reef Heazlewood (AUS)=6.74

3.a: 1-Jessé Mendes (BRA)=14.03, 2-Evan Geiselman (EUA)=12.10, 3-Ryan Callinan (AUS)=11.60

4.a: 1-Miguel Tudela (PER)=14.67, 2-Alex Ribeiro (BRA)=12.67, 3-Rafael Teixeira (BRA)=7.24

5.a: 1-Jorgann Couzinet (FRA)=15.27, 2-Andy Criere (FRA)=10.10, 3-Peterson Crisanto (BRA)=8.70

6.a: 1-Josh Kerr (AUS)=14.00, 2-Tomas Hermes (BRA)=12.97, 3-Thiago Guimarães (BRA)=11.17

7.a: 1-Nat Young (EUA)=13.00, 2-Keanu Asing (HAV)=12.64, 3-Flavio Nakagima (BRA)=12.23

8.a: 1-Imaikalani Devault (HAV)=13.80, 2-Kanoa Igarashi (EUA)=13.00, 3-Kiron Jabour (HAV)=12.00

TERCEIRA FASE FEMININA DO QS 6000 PULL&BEAR PANTIN CLASSIC GALICIA PRO:

———1.a e 2.a=Oitavas de Final e 3.a=17.o lugar com 1.050 pontos e US$ 750 de prêmio

1.a: 1-Caroline Marks (EUA)=13.77, 2-Tatiana Weston Webb (HAV)=13.23, 3-Zoe McDougall (HAV)=10.73

2.a: 1-Minori Kawai (JPN)=13.67, 2-Dimity Stoyle (AUS)=11.90, 3-Mahina Maeda (HAV)=9.90

3.a: 1-Bronte Macaulay (AUS)=12.50, 2-Paige Hareb (NZL)=11.77, 3-Pauline Ado (FRA)=10.73

4.a: 1-Chelsea Tuach (BRB)=11.37, 2-Frankie Carrer (ALE)=9.20, 3-Kobie Enright (AUS)=7.27

5.a: 1-Brisa Hennessy (HAV)=13.56, 2-Bianca Buitendag (AFR)=11.74, 3-Garazi Sanchez-Ortun (ESP)=8.57

6.a: 1-Keely Andrew (AUS)=11.83, 2-Silvana Lima (BRA)=11.13, 3-Alessa Quizon (HAV)=5.74

7.a: 1-Dominic Barona (EQU)=12.17, 2-Macy Callaghan (AUS)=9.27, 3-Ariane Ochoa (ESP)=8.60

8.a: 1-Coco Ho (HAV)=12.23, 2-Philippa Anderson (AUS)=11.43, 3-Mikaela Greene (AUS)=10.27

RESULTADOS DAS SUL-AMERICANAS NA SEGUNDA FASE DO QS 6000 DA ESPANHA:

———3.a colocada=25.o lugar (US$ 500 e 750 pontos) e 4.a=37.o lugar (US$ 250 e 650 pontos)

2.a: 1-Ren Hashimoto (JPN), 2-Sophia Fulton (AUS), 3-Ellie Francis (AUS), 4-Lucia Cosoleto (ARG)

3.a: 1-Minori Kawai (JPN), 2-Caroline Marks (EUA), 3-Carol Henrique (PRT), 4-Melanie Giunta (PER)

5.a: 1-Pauline Ado (FRA), 2-Chelsea Tuach (BRB), 3-Anali Gomez (PER), 4-Vahine Fierro (TAH)

8.a: 1-Keely Andrew (AUS), 2-Garazi Sanchez-Ortun (ESP), 3-Amuro Tsuzuki (JPN), 4-Josefina Ane (ARG)

9.a: 1-Silvana Lima (BRA), 2-Brisa Hennessy (HAV), 3-Leilani McGonagle (CRI), 4-Chelsea Roett (BRB)

10: 1-Dominic Barona (EQU), 2-Philippa Anderson (AUS), 3-Kirra Pinkerton (EUA), 4-Tessa Thyssen (FRA)

11: 1-Macy Callaghan (AUS), 2-Mikaela Greene (AUS), 3-Isabella Nichols (AUS), 4-Nathalie Martins (BRA)