Legend carioca falece no Rio

Ismael Miranda. Foto: Luciano Cabal

Ismael Miranda, legend do surfe carioca e faixa preta de jiu-jitsu, faleceu nesta terça-feira, aos 58 anos, após contrair Covid-19

Miranda começou a surfar ainda bem jovem, pegando onda de peito, em Copacabana, contudo, por influência do irmão, aderiu às pranchas.

Nos anos 1970, com o surgimento do Pier de Ipanema, passou a treinar jiu-jitsu com o mestre Carlson Gracie, para defender-se do pesado localismo. Assim, tornou-se faixa preta e lutador respeitado dentro de uma das escolas de jiu-jitsu mais lendárias de todos os tempos.

Contudo, Ismael Miranda também ganhou seu local de destaque no surfe. Tanto nas ondas do Arpoador, quanto nas competições.

Publicidade

Dessa forma, foi destaque brasileiro no Havaí no início dos anos 1980, o surfista competiu no Pipe Master e impressionava pela linha de surfe em Sunset.

Um dos pontos altos de sua carreira foi o vice-campeonato do Waimea 5000, no Rio de Janeiro, um dos campeonatos mais emblemáticos do surfe mundial.

Ismael seguiu fiel ao tatame de jiu-jitsu e às ondas, inclusive atuando com árbitro em competições de surfe.

Porém, apesar do histórico de atleta e de lutar bravamente contra essa terrível doença, apresentou complicações em seu quadro clínico, vindo a falecer.

Condolências aos familiares e amigos de Ismael Miranda.

 Fonte/ Por hardcore.com.br