Italo Ferreira e Adriano de Souza, disputam o Onda do Bem

Campeões da WSL, Italo Ferreira e Adriano de Souza, disputam o Onda do Bem nessa sexta-feira!

By WSL Latin America

 O atual campeão mundial do Championship Tour, Ítalo Ferreira, e Adriano de Souza, o Mineirinho, que conquistou o título 2015, são presenças confirmadas no “Onda do Bem”, que acontece nesta sexta-feira, 18, em uma praia brasileira que será fechada e não divulgada para evitar a presença do público. Promovido pela World Surf League (WSL), o torneio noturno tem caráter social e reunirá atletas e celebridades, das 16 às 21 horas.

Italo Ferreira é o atual campeão mundial da World Surf League (Foto: Kelly Cestari / WSL)
Publicidade

O torneio tem a proposta de ser uma grande celebração do surfe, unindo gerações de várias décadas que fizeram história no esporte. “Com o Onda do Bem, a WSL tem o objetivo de honrar os atletas do passado, que foram inspiração para o Brazilian Storm, como Rico de Souza e Andrea Lopes (os juízes do evento), unindo com os atletas destaque de hoje e a geração do futuro, como Lucas Vicente e Julia Duarte”, afirma Ivan Martinho, CEO da WSL para a América Latina.

No total serão 15 atletas e 10 celebridades. Os amantes do esporte e do estilo de vida do surfe poderão acompanhar todas as manobras ao vivo pelas plataformas digitais da WSL e no YouTube, ou pelo canal de TV por assinatura SporTV (a partir das 19 horas). Há ainda a possibilidade de assistir com a emoção ampliada pelos imensos telões do Arena Estaiada Drive-in (SP) e do Drive-in das Artes (RJ).

“Estou bem ansioso. Faz tempo que não coloco a lycra de competição. Vai ser muito legal sentir aquele friozinho na barriga de novo”, diz, animado, Yago Dora, especialista nos aéreos, um dos surfistas do torneio. “Surfei poucas vezes de noite na minha vida, é bem diferente! Tem que estar com os sentidos aguçados. E a dificuldade é que torna a brincadeira divertida. Também achei muito legal a ideia de o evento ser beneficente. Surfar por uma causa me motiva”, completa Dora.

Adriano de Souza campeão mundial de 2015 (Foto: Kirstin Scholtz / WSL)

Já para a cearense Silvana Lima, classificada para representar o Brasil nos Jogos de Tóquio 2021, a diversão fica por conta, sobretudo, de estar competindo ao lado de famosos. “Vai ser muito divertido disputar com celebridades. E será lindo competir à noite, pela primeira vez, com todas aquelas luzes coloridas”, diz.

 

Apresentado pela Oi e com os patrocínios de Jeep, Havaianas e Red Bull, o ‘Onda do Bem’ acontecerá com rígidos protocolos de segurança, seguindo as práticas determinadas pela Organização Mundial da Saúde – OMS. “Todos faremos o teste de coronavírus, o que é muito importante. Torcendo para tudo dar certo”, conclui Silvana, eleita oito vezes a Melhor Surfista Brasileira e que chegou ao vice-campeonato mundial por duas temporadas.

Por ser o primeiro campeonato desde que teve início a pandemia, o novato promissor Lucas Vicente está muito empolgado: “Será diferente de tudo que já participei. Não vejo a hora de entrar na água e dar o meu melhor. E também estou louco para reencontrar a galera”, conta o campeão mundial na categoria Pro Júnior da WSL. “Já venho me preparando desde o final do ano passado, tenho treinado bastante e me sinto pronto para este desafio. Também achei muito legal ser por uma causa social, algo que a WSL sempre promove. Estou muito feliz em fazer parte e poder ajudar o próximo”, completa.

Lucas Vicente (Foto: Matt Dunbar / WSL via Getty Images)

Os outros atletas da elite mundial do surfe que participam do torneio são: Jadson André, campeão mundial Júnior; Miguel Pupo, sétimo lugar no ranking mundial; Peterson Crisanto; Alex RibeiroDeivid Silva; e Wiggolly Dantas. Além dos dez surfistas masculinos, há ainda cinco surfistas femininas Tops da Liga: além da Silvana; a campeã brasileira Julia Santos, grande promessa no longboard; e as cariocas Chlóe Calmon, campeã pan-americana e líder do Ranking Mundial da WSL, Karol Ribeiro, segundo lugar no Circuito Latino-Americano de Surfe (2018) e Julia Duarte, campeã nacional Pro Junior (2019).

Os atletas se unirão a 10 personalidades praticantes do surfe: o ex-judoca Flavio Canto, palestrante, fundador e presidente do Instituto Reação e apresentador do programa de lutas Sensei Combate, no SporTV; o ator, apresentador e modelo Paulo Zulu; os atores Klebber Toledo e Paulo Vilhena; e o DJ e produtor musical Tiago da Cal Alves, mais conhecido pelo nome artístico de Papatinho. Do lado feminino: as free surfers Marina Werneck e Alana Pacelli; a atriz Larissa Murai; a ex-surfista profissional e hoje apresentadora Erica Prado; e a atriz Danni Suzuki.

Também estarão no ‘Onda do Bem’, no suporte às atividades, a free surfer Bárbara Müller; o ex-surfista profissional Edílson Assunção, o Alemão de Maresias; e Lucas Chumbo, considerado um dos melhores atletas de ondas gigantes do mundo, vencedor do Nazaré Tow Surfing Challenge 2020 (Portugal), na categoria Melhor Dupla.

O ‘Onda do Bem’ terá apresentação de Glenda Kozlowski, ex-bodyboarder brasileira, hoje apresentadora esportiva; no papel de mediador estará Bruno Bocayuva, especialista na história e cultura do surfe; e como repórter Manuela Caiado, jornalista, apresentadora de TV e influencer digital. Já os comentários ficam por conta de Carlos Burle, ícone do surfe, atleta de ondas grandes.

Haverá um DJ tocando surf music, para deixar a atmosfera ainda mais completa. Em um estúdio, na cidade do Rio de Janeiro, estarão algumas personalidades do surfe como jurados, em um espaço conectado pela Oi Fibra.

Os 25 competidores serão divididos em cinco equipes temáticas, com cinco competidores cada, sendo três surfistas profissionais (dois masculinos e uma feminina) e duas personalidades (F e M). Os interessados poderão fazer doações por meio de um QR Code, exibido durante a transmissão, que serão destinadas ao Projeto Ondas, escolhido pelos atletas por meio de votação.

‘Onda do Bem’ terá uma bancada de juízes legends, composta por ícones do esporte: Fábio Gouveia, campeão brasileiro e mundial de surf amador, duas vezes campeão brasileiro de surf profissional; Rico de Souza, que acumula vários títulos, incluindo de campeão brasileiro em 1972 e 1973; e Andrea Lopes, tetracampeã brasileira profissional (1999, 2000, 2001, 2003 e 2006), foi a primeira brasileira a ingressar no circuito mundial, em 1991.

O torneio faz parte da WSL Countdown, uma série de torneios regionais de pré-temporada nos EUA, Austrália, França e Portugal, que trazem toda ação do surfe competitivo aos fãs do esporte durante o atual período restrito de viagens internacionais. Depois do Brasil, o WSL Countdown segue para Europa.


Gabriel Gontijo
WSL Latin America Communications
ggontijo@worldsurfleague.com

Felipe Marcondes
WSL Latin America, Senior Manager, Content & Marketing
fmarcondes@worldsurfleague.com

Chloe Kojima
WSL Global Communications
ckojima@worldsurfleague.com

Amy Denman
WSL Global Communications
adenman@worldsurfleague.com


SOBRE A WSL – A World Surf League (WSL), criada em 1976, é a principal plataforma do surf e dos surfistas no mundo inteiro. A WSL está dedicada a mudar o mundo através do poder inspirador do surf, criando eventos, experiências e narrativas autênticas para inspirar a comunidade global a viver um lifestyle com dedicação, originalidade e entusiasmo.

A World Surf League é uma organização global e sua sede principal é em Santa Monica, Estados Unidos, com escritórios regionais para a América do Norte, América Latina, Europa, África, Ásia, Australasia e Hawaii. A WSL tem uma profunda apreciação pela rica herança do surf, promovendo progressão, inovação e performance nos níveis mais altos do esporte.

A WSL é composta por Circuitos e Eventos, celebrando os melhores surfistas do mundo em todas as modalidades, realizando anualmente mais de 180 campeonatos globais para coroar os campeões mundiais em todas as divisões; pela WSL WaveCO, onde a inovação encontra experiências inéditas; e pela WSL Studios, que oferece as melhores narrativas através das competições, lifestyle e conservação.

Para mais informações, visite WorldSurfLeague.com