Especial com Italo Ferreira no Onda do Bem

RIO DE JANEIRO, BRAZIL - SEPTEMBER 18: Italo Ferreira celebrating his win in the Pro Men's Heat on September 18, 2020 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Aleko Stergiou/World Surf League via Getty Images)
Italo vencendo o evento noturno Onda do Bem em Ubatuba (Foto: Aleko Stergiou / WSL via Getty Images)

Canais da World Surf League exibem especial com Italo Ferreira no Onda do Bem

By WSL Latin America

 O campeão mundial Ítalo Ferreira surfando durante a noite em sua prancha com LED, conversando com outros sufistas sobre as técnicas do esporte, ajudando celebridades a arrumarem suas pranchas antes deles irem para a água. Esses são alguns dos momentos exibidos pelo especial ‘Ítalo na Onda do Bem’, que entrará no ar hoje (4.11), nas plataformas online da World Surf League.

Uma realização do Canal Off, o especial tem duração de 25 minutos e foi produzido durante o torneio de cunho social ‘Onda do Bem’, promovido pela WSL Latin America no final de setembro, com a proposta de ser uma grande celebração do surfe e que reuniu 15 dos melhores surfistas brasileiros e 10 celebridades. Nele, o atual campeão mundial do World Surf League Championship TourÍtalo Ferreira, foi o maior vencedor, levando troféus de duas disputas, na Profissional Masculina e na dos Super Aéreos.

Publicidade

A WSL teve a ideia de fazer este evento solidário para promover o surfe no País. Chegamos no hotel e já fizemos o teste de Covid. Todos liberados, agora vamos nos unir e curtir o evento”, diz o campeão logo no início do programa. “Não posso abusar muito porque meu tornozelo não está legal, mas como me conheço, acho que não vou ter limites, acabo me jogando.  Estou ansioso”, completa o atleta. E de fato ele se jogou mesmo. Sua namorada, a atriz e cantora Mari Azevedo, o conhece muito bem: “Este espírito de competir faz parte do seu dia a dia. Bateria é o que o move, quando está sem, fica desesperado. Ele ama isso”.

O especial mostra o campeão ajudando a atriz Danni Suzuki a arrumar sua prancha para entrar no mar, conversando sobre o torneio com a cearense que representará o Brasil nos Jogos de Tóquio/2021, Silvana Lima (que naquela noite foi a vencedora da categoria Profissional Feminina), e sendo carregado pelos amigos, após as vitórias. Isso, intercalado por um show de imagens que incluem as competições de aéreos, mostrando manobras não só de Ítalo, mas também de outros feras como Yago Dora, especialista nos aéreos, rasgando o mar; do novato promissor Lucas Vicente, campeão mundial na categoria Pro Júnior da WSL; do campeão mundial de 2015, Adriano de Souza, o Mineirinho, grande líder da geração Brazilian Storm; Lucas Chumbo,  considerado um dos melhores atletas de ondas gigantes do mundo; e da surfista e apresentadora Érica Prado, que venceu no torneio na categoria Celebridades Feminina.

‘Ítalo na Onda do Bem’ leva ao ar imagens espetaculares, com cenários repletos de cores e luzes neon, dos atletas surfando a noite, com pranchas com LED, que fazem um efeito incrível no mar, e balões enormes iluminados por toda a praia de Itamambuca, em Ubatuba/SP. “Estou testando umas técnicas para ver se dá para se sair melhor surfando à noite, sem ver direito as ondas. Porque a final masculina de noite será difícil”, diz Ítalo, antes saber que levaria a Taça. Enquanto isso, são exibidas cenas de Silvana Lima com sua prancha rosa choque iluminando o mar: “Valeu a pena a experiencia de uma coisa nova pra mim”, conta a atleta.

Um momento divertido que o especial oferece é o bastidor da prova de equipes do ‘Onda do Bem’, com surfistas e celebridades combinando estratégias e, a cada instante, um disparava correndo para o mar. Cada um tinha apenas 10 minutos para pegar duas ondas em revezamento, passando a vez para o próximo. Nessa disputa, apesar do esforço, a equipe de Ítalo (Lucas Vicente, Papatinho, Érica Prado e Chloé Calmon) estava na liderança, mas perdeu 5 pontos e foi penalizada por estourar o tempo. A equipe vencedora da noite foi a formada pelos surfistas Yago Dora, Adriano de Souza, Julia Duarte, e pelos atores Paulo Vilhena e Danni Suzuki. São momentos únicos que ficarão marcados na história do ‘Onda do Bem’.

Ivan Martinho, CEO da WSL para a América Latina, aparece falando com os atletas e celebridades: “O Onda do Bem é um trabalho de muitas pessoas. É entretenimento e também uma forma que achamos de dar oportunidade aos surfistas terem contato com o esporte de novo, em um ano em que a WSL teve de suspender as etapas, por causa da pandemia. Uma chance para eles treinarem para a próxima competição. E além disso é também para ajudar um projeto social”.

‘Onda do Bem’ arrecadou doações, durante a sua transmissão ao vivo, para o Projeto Ondas, do ex-atleta do WCT e bicampeão brasileiro de surfe Jojó de Olivença, que beneficia crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, utilizando o surfe como instrumento de aprendizado e de inclusão social. O projeto foi escolhido pelos atletas por meio de votação.

Já quase ao final do programa, a apresentadora Glenda Kozlowski brinca. “Este é um ano atípico, que permitiu a um atleta ser campeão por dois anos: este é o segundo ano que Ítalo é campeão mundial”. O evento ‘Onda do Bem’ teve apresentação de Oi e patrocínios Jeep, Havaianas e Red Bull.

Texto e Informações para a imprensa:
Casa do Bom Conteúdo

Deborah Ferreira – 11 97252-2360/3031-0670 – deborah@casadobomconteudo.com.br
Mércia Suzuki – 11 99705-7720/5083-4145 – mercia@casadobomconteudo.com.br
Marcelo Affini – 11 99938-5445 /3097-9462 – affini@casadobomconteudo.com.br


SOBRE A WORLD SURF LEAGUE 
A World Surf League (WSL), criada em 1976, é a principal plataforma do surf e dos surfistas no mundo inteiro. A WSL está dedicada a mudar o mundo através do poder inspirador do surf, criando eventos, experiências e narrativas autênticas para inspirar a comunidade global a viver um lifestyle com dedicação, originalidade e entusiasmo.

A World Surf League é uma organização global e sua sede principal é em Santa Monica, Estados Unidos, com escritórios regionais para a América do Norte, América Latina, Europa, África, Ásia, Australasia e Hawaii. A WSL tem uma profunda apreciação pela rica herança do surf, promovendo progressão, inovação e performance nos níveis mais altos do esporte.

A WSL é composta por Circuitos e Eventos, celebrando os melhores surfistas do mundo em todas as modalidades, realizando anualmente mais de 180 campeonatos globais para coroar os campeões mundiais em todas as divisões; pela WSL WaveCO, onde a inovação encontra experiências inéditas; e pela WSL Studios, que oferece as melhores narrativas através das competições, lifestyle e conservação.

Para mais informações, visite WorldSurfLeague.com