Carol Henrique é campeã europeia da World Surf League (WSL)

Carioca naturalizada em portugual Carol Henrique sagrou-se campeã europeia da World Surf League. Foto Divulgação

Carol Henrique faz história em Portugal como campeã europeia da WSL

O surfe brasileiro continua fazendo bonito lá fora. Agora, foi a carioca naturalizada portuguesa Carol Henrique que acabou de sagrar-se campeã europeia da World Surf League (WSL), durante a realização do Anfoplace Pro Casablanca, etapa do WQS em Casablanca, no Marrocos, com ajuda da compatriota Yolanda Hopkins. A bicampeã nacional tornou-se assim a primeira portuguesa a sagrar-se campeã europeia da WSL.

Publicidade

Após ser eliminada na estreia no QS1500 de Casablanca, Carol dependia da desclassificação das adversárias. A mais perigosa era a espanhola Garazi Sánchez-Ortun, que precisava chegar à final. No entanto, Yolanda Hopkins barrou a espanhola nas quartas de final, garantindo automaticamente o título de Carol, que igualou o feito do irmão Pedro Henrique, campeão europeu masculino em 2015, logo no primeiro ano que começou a competir com as cores portuguesas – ambos nasceram no Brasil.

Estou muito feliz“, disse Carol, em declarações à agência Lusa. “Sabia que estava na liderança da corrida porque estive quase toda a ‘perna’ europeia na frente mas, com uma pontuação muito perto da Justine Dupont, da Garazi Sánchez e até da Maud Le Carr e da Camilla Kemp. Sabia que estava muito em aberto, havia muitas etapas. Até à última etapa estava acessível para a Garazi vencer“, relembrou a bicampeã portuguesa.

A surfista radicada na Praia do Guincho nem sabia da dimensão do feito. “Depois, em Marrocos aconteceu que eu não tive um bom resultado, mas os meus resultados anteriores acabaram por me favorecer e acabei por conquistar mesmo o título de campeã europeia. Não tinha a certeza se eu era a primeira a conseguir o título para Portugal, só depois tive a certeza absoluta. Estou mesmo feliz. Além de ser um objetivo pessoal, é também muito gratificante poder dar este título a Portugal“, frisou.