Cauã Costa e Maju Freitas reinam na Tiririca

Maju Freitas. Foto: Divulgação

Boas ondas abriram o Silverbay apresenta Circuito CBSurf Junior Tour 2020 na praia da Tiririca, Itacaré(BA). Cauã Costa(RJ) foi um dos destaques marcando as maiores notas e médias do evento.

São Paulo venceu por equipes, e largou na frente do ranking em busca de seu décimo terceiro título na história do circuito.

Publicidade

Começou da melhor forma a temporada 2020 do Silverbay apresenta Circuito CBSurf Junior Tour, com a presença de 12 estados e 140 atletas no paraíso baiano de Itacaré(BA). As ondas reagiram em relação ao meio de semana, e proporcionou boas condições para as disputas nos dois dias de competição.

No sábado foram realizados dois rounds da categoria Sub-18 Masculino, e as primeiras fases do Masculino Sub-16, Sub-14 e uma bateria da Feminino Sub-16. “Resumindo em uma frase, foi um dia longo. O maior destaque dessa primeira etapa foi o grande número de estados e atletas presentes, e por isso estamos trabalhando no nosso limite no cronograma” revelou Marcos Bukão, diretor de provas da CBSurf.

Sophia Medina  –  Foto: divulgação

Cauã Costa comanda o primeiro dia na Tiririca. O cearense radicado no Rio de Janeiro Cauã Costa (estado que defende no circuito) mostrou o porquê era considerado um dos favoritos ao título na Sub-18 Masculina. Logo na segunda bateria do evento estabeleceu os recordes da prova, quando surfou apenas duas ondas (9.0 e 8.0 pts), e com performances cirúrgicas, cravou a melhor nota e média da competição (17 pontos).

Domingo de campeões na Bahia.O dia decisivo desta primeira etapa foi marcado por disputas eletrizantes nas seis categorias do circuito nas boas ondas da Tiririca.As meninas da Feminino Sub-14 fizeram sua estreia no CBSurf Junior Tour, que pela primeira vez consagrará uma campeã brasileira dessa divisão. Quem largou na frente do ranking foi a paranaense Luara Mandelli, que começou forte a decisão com uma nota 6.0. Em seguida marcou 4.50 em sua segunda onda e garantiu o título.


Caio Costa  –  Foto: divulgação

Completaram a bateria a baiana Maria Eduarda(2ª), Sophia Gonçalves(3ª) e Evelym Kaline(4ª).

O início de temporada para Sophia Medina começou no lugar mais alto do pódio na Feminino Sub-16. “Estou muito feliz por conseguir achar a onda salvadora no finalzinho e virar o resultado” disse a campeã. Mesmo com a maior nota da final (6.50), a catarinense Kiany Hyakutake não teve tempo de reação, e finalizou na segunda posição. Kemily Sampaio(3ª) e Sophia Gonçalves(4ª) completaram o pódio.

O confronto na Feminino Sub-18 foi acirrado até os momentos finais. Na metade da bateria a carioca Maju Freitas descolou a maior nota da decisão (8.50), e virou pra cima da líder Sophia Medina, que também tinha uma nota forte em seu somatório (7.10). “Vi que a esquerda era boa e backside é meu forte. Pensei que era tudo ou nada e sai manobrando. Graças a Deus deu tudo certo” revelou a campeã Maju Freitas, que somou 12.30 contra 11.80 da vice-campeã Medina. Júlia Duarte(3ª) e Kiany Hyakutake(4ª) fecharam a lista.

Daniel Duarte  –  Foto: divulgação

O paulista Daniel Duarte surfou apenas três ondas na decisão Sub-14 Masculina, e conseguiu um excelente aproveitamento em suas notas. Ele venceu sua divisão somando 12.25 (6.75/5.50). Murilo Coura chegou perto, mas terminou com o vice-campeonato na etapa. Pedro Ryan(3º) e Guilherme Fernandes(4º) também começaram bem a temporada e vão brigar até o fim pelo título.

Numa final dominada pelos paulistas, Caio Costa(SP) comandou as ações entre os Sub-16, marcando o melhor “score” da decisão (7.25). Guilherme Fernandes(2º), Rodrigo Saldanha(3º), completaram a trinca de São Paulo. Sunny Pires(RJ) finalizou em quarto.

Última final do domingo e Cauã Costa(RJ) ratificou a posição de favorito na Sub-18 Masculino. Assim como iniciou sua trajetória no sábado com a maior nota e somatório da etapa, logo na segunda bateria do primeiro round (9.0 e 8.0 pontos), Cauã quase repetiu os números na grande final. Ele somou 9.0 e 7.0 pontos para vencer e sair na frente do circuito neste ano.

Cauã Costa  –  Foto: divulgação

Foi uma decisão com pontuações altas durante os 20 minutos de bateria. O potiguar Mateus Sena chegou perto com 7.40, mas não conseguiu a virada, finalizando em segundo, com o paulista Caio Costa em terceiro, e pernambucano José Cláudio ficou em quarto.

São Paulo Campeã, Santa Catarina vice e Brasil com novo técnico.A atual campeã brasileira por equipes São Paulo começou bem a defesa do título, vencendo a primeira etapa. Santa Catarina ficou com o vice-campeonato, Rio de Janeiro em terceiro e a anfitriã Bahia em quarto. “Como regra na CBSurf, o técnico do estado campeão assume a equipe brasileira que vai ao ISA World Junior, e nesse caso é o ubatubense Cebola, que liderou o título de São Paulo em 2019” revelou o presidente da CBSurf Adalvo Argolo durante a cerimônia de premiação da etapa.

O palanque do evento –  Foto: divulgação

Silverbay faz balanço da primeira etapa.Encerrada a etapa de abertura do Silverbay apresenta Circuito CBSurf Junior Tour 2020 na Bahia, Tales Andrade (Silverbay) estava satisfeito com o resultado. Esse é o primeiro ano que a empresa catarinense com sede em Garopaba(SC) apresenta as quatro etapas do circuito integralmente.
Tales avaliou de forma positiva esse contato com as entidades de todo o país, e a presença em massa das federações na abertura do circuito. “Nosso propósito é divulgar o trabalho e os produtos da Silverbay, através do apoio aos eventos e aos atletas. Também é importante para o intercâmbio de informações em relação à organização das etapas, para que possamos atingir um padrão na realização deste circuito” declarou.

Pódio Masculino Sub-14 – Foto: divulgação

“Gostaria de agradecer aos locais de Itacaré, através da associação local e também a Federação Baiana de Surf que nos receberam bem, e a todos os atletas e seus familiares que marcaram presença na competição”, encerrou Tales.

O Circuito CBSurf Junior Tour 2020 tem a apresentação da Silverbay.
Patrocínio da Pena, Pró-Ilha, Surfland Brasil e Neokai Wetsuits.
Apoio: Prefeitura Municipal de Itacaré, Associação de Surf de Itacaré (ASI), Coltex e Teccel.

Pódio Feminino Sub-14 – Foto: divulgação

Resultados

Sub18
1º- Cauã Costa(RJ)
2º- Mateus Sena(RN)
3º- Caio Costa(SP)
4º- José Cláudio(PE)

Sub16
1º- Caio Costa(SP)
2º- Guilherme Fernandes(SP)
3º- Rodrigo Saldanha(SP)
4º- Sunny Pires(RJ)

Pódio Masculino Sub-16 – Foto: divulgação

Sub14

1º- Daniel Duarte (SP)
2º- Murilo Coura(SP)
3º- Pedro Ryan(CE)
4º- Guilherme Fernandes(SP)

Feminino Sub18
1ª- Maju Freitas(RJ)
2ª- Sophia Medina(SP)
3ª- Júlia Duarte(RJ)
4ª- Kiany Hyakutake(SC)

Pódio Feminino Sub-18 –  Foto: divulgação

Feminino Sub-16
1ª- Sophia Medina(SP)
2ª- Kiany Hyakutake(SC)
3ª- Kemily Sampaio(SP)
4ª- Sophia Gonçalves(SP)

Feminino Sub14
1ª-Luara Mandelli(PR)
2ª- Maria Eduarda(BA)
3ª- Sophia Gonçalves(SP)
4ª- Evelym Kaline(PB)

Equipes
1º- São Paulo – 6.820 pontos
2º- Santa Catarina – 4.670 pts.
3º- Rio de Janeiro – 4.420 pts.
4º-Bahia – 4.335 pts.
5º- Ceará – 4.111 pts
6º- Paraíba – 3.100 pts.
7º- Rio Grande do Norte 2.923 pts.
8ª Paraná – 2.420 pts.
9º- Pernambuco 2.290 pts.
10º- Espírito Santo 1.090 pts.
11º- Sergipe – 760 pts.
12º- Pará – 670 pts.

Por PrimePress07 Assessoria & Comunicação

Fotos Fabriciano Junior/ Silverbay- CBSurf