Carlos Bahia e Chloé Calmon são campeões em Jeri

Chloe Calmon, Jericoacoara Longboard Festival – Foto Lima Jr.

VI Jericoacoara Cultura Longboard Surf Festival

Carlos Bahia e Chloé Calmon sagram-se Campeões Brasileiros de Longboard Profissional 2020

O terceiro do dia disputas do VI Jericoacoara Cultura Longboard Surf Festival, evento válido como Campeonato Brasileiro de Longboard, que rola desde quinta (10) e se encerra neste domingo (13) nas perfeitas ondas da Praia de Jericoacoara-CE, foi marcado pelo show de surf das principais categorias da competição, tanto entre os amadores quanto os profissionais. 

Os primeiros a entrarem na água foram os atletas da Open Masculino e Feminino, com o 1º Round e as quartas de finais dessas duas categorias. Destaque para o surfista local José Arteiro e Nicolas Tomas, que anotaram os maiores somatórios da categoria, 17.93 e 17.50, de 20 pontos possíveis, respectivamente. Entre as mulheres a grande destaque ficou por conta da apresentação de Esmeralda Garzon. Reconhecida como promissor talento da nova geração do longboard cearense, a jovem surfista local de apenas 15 anos mostrou muita maturidade para superar competidoras experientes e conquistar uma das vagas nas semifinais, que rolam neste domingo.

Publicidade

Profissionais definem seus campeões

Na sequência foi a vez dos atletas da categoria Profissional entrarem em cena para encantar os presentes com um show do mais alto nível de longboard. Com o swell perdendo pressão a organização da competição optou por antecipar o cronograma e finalizar as duas principais categorias do campeonato ainda no sábado. O resultado disso foi muita emoção em um final de tarde inesquecível com o sol se pondo no mar e o Brasil conhecendo seus campeões profissionais da modalidade.

A primeira final a entrar na água foi a feminina com a carioca Chloé Calmon dominando a bateria e mostrando que em termos de longboard, ela é o nome a ser batido. Chloé abusou do estilo e técnica na última e mais importante bateria, para arrancar os maiores scores dos árbitros, incluindo um 9.25 e sair de Jeri com o troféu de campeã pelo segundo ano consecutivo. Chloé foi carregada nos braços da torcida aos gritos de “Rainha de Jeri”.

“Jericoacoara, para um, é um lugar muito especial. As ondas, as pessoas, os visuais paradisíacos, tudo é perfeito. Estou muito feliz de ter vencido novamente aqui… E gostaria de parabenizar ao Bibita por ter conseguido realizar esse evento incrível em um ano tão estranho para o esporte mundial. Para nós atletas foi um sopro de esperança em meio ao caos”, declarou a campeã.

Na segunda colocação ficou a potiguar Marina Carbonel, que apesar de ter anotado o maior somatório da competição no Round 1 (19.50 de 20 pontos possíveis), não conseguiu repetir o feito na final terminando o evento como Vice-Campeã Brasileira de Longboard Profissional 2020. Na terceira colocação tivemos a pernambucana Atalanta Batista, que surfou muito para conquistar um merecido lugar no pódio e na quarta colocação ficou a carioca Jasmim Avelino.

Entre os homens o grande campeão foi Carlos Bahia-SP. Mas, ele não teve vida fácil. Com a torcida local empurrando os atletas Antônio Victor e Yam Wisman e com o capixaba Alexandre Escobar determinado a conquistar seu primeiro título nacional na profissional, a disputa foi acirradíssima e marcada pelo equilíbrio. Contudo, apesar do profundo conhecimento dos atletas locais Vitinho e Yam e da determinação de Escobar, Carlos Bahia conquistou o Título de Campeão Brasileiro de Longboard Profissional, o terceiro de sua carreira:

“Estou muito feliz e emocionado! Esse ano foi muito difícil e dei o meu melhor nesse evento. É o terceiro ano que venho para Jeri e durante esse tempo estudei as condições dessa onda para junto com meu shape desenvolver pranchas específicas para Jeri. Deu certo e agora é só agradecer a Deus, minha família, meus patrocinadores e ao Bibita, que conseguiu realizar um evento fantástico no ano mais louco para o esporte mundial”, declarou Bahia.

Em segundo ficou Vitinho, que lutou até o último segundo de bateria buscando a virada e mesmo não conseguindo a nota que precisava para vencer, comemorou muito o título de Vice-Campeão Brasileiro de Longboard Profissional 2020. Em terceiro ficou Alexandre Escobar-SC e em quarto Yam Wisman, que com apenas 17 anos, saiu do evento como a grande revelação nacional no longboard Profissional.

Cronograma de domingo

No domingo todas as categorias amadoras definirão seus campeões brasileiros começando pelos veteranos da Master 35+, seguidos pela Junior Sub 18, Super Legend 55+, Legend 50 +, Grand-Legend 60+, Open Feminino e Open Masculino.

PREMIAÇÃO

A premiação da Categoria Profissional foi de R$20.000 (vinte mil reais) em dinheiro, divididos igualmente entre homens e mulheres e distribuídos de acordo com o Livro de Regras da CBSurf.  Todos os finalistas receberão troféus e Kits da marca Pena.

Nas Categorias Amadoras a premiação será composta por Longboards da COLLECTION SURFBOARDS para os campeões e todos os finalistas receberão troféus e kits da marca Pena. Nas categorias femininas joias da Caju Pratas e mimos da @surffemininoce e Quilhas Center Fins também irão compor a premiação.

Para o Desafio da Pedra Furada os três primeiros colocados de cada modalidade receberão medalhas de Finisher e kits.

IMPORTANTE LEMBRAR!

O VI Jericoacoara Cultura Longboard Surf Festival definirá o Ranking CBSurf Brasileiro Amador e Profissional de 2020.

MAIORES INFORMAÇÕES

(85) 9.8125.7197 – Marcelo Bibita (Whatsapp).

 RESULTADOS

 PROFISSIONAL MASCULINO

1º Carlos Bahia-SP

2º Antônio Victor

3º Alexandre Escobar-SC

4º Yam Wisman-CE

PROFISSIONAL FEMININO

1ª Chloé Calmon-RJ

2ª Marina Carbonel-RN

3ª Atalanta Batista-PE

4ª Jasmin Avelino

O VI Jericoacoara Cultura Longboard Festival conta com o Patrocínio de Corona, Pena, Nissan Jangada, Sundown e Governo do Estado do Ceará/Secretaria de Turismo. Apoio Institucional: Prefeitura Municipal de Jijoca de Jericoacoara, Abraço Jeri, SETMA, ICMBio, Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará, Universidade Federal do Ceará e CELULA. Parceiros: Vila Kalango, Pousada Capitão Tomaz, Casalô Hotel, Aldeia Jericoacoara, Hurricane_Jeri, Chilli Beach, All Blue Hotel, Pousada Serrote, Pousada Ibirapuera, Pousada Vila Dunas, Pousada Jeri Visual Residence, Pousada Baobá Jeri, Pousada da Renata, Pousada Tia Ângela, Surfing Jeri, Pousada Araxá, Pousada Nova Era Jeri, Residencial Barros, Pousada do Veio, Pousada Nascer do Sol Jeri, Pousada Bela Jeri, Pousada Caracará, Pousada Maxitalia, Pousada Max Garden, Pousada Recanto do Barão, Pousada Mym Jeri, Casa Suíça, Grupo La Villa Jeri, Restaurante Dona Amélia Jeri, Restaurante Bigode, Restaurante Pimenta Verde, Restaurante Sapão, Restaurante Cururu, Pastel e Cia Jeri, Naturalmente Jeri, Hau’oli Poke Jeri, La Pasta na Caixa, Kamibaa, Petiscaria 1979, Jeri Férias, Planeta Tur Viagens, Surf Feminino CE, Terra do Sol Distribuidora, Center Fins, Surf Teccel, D’Cofibras, Jeri Acquasport, Pranchas Collection, Blocos Teccel, Modelart, Canoa Brasil Tur, Tico Wind Jeri, Rumbora Turismo, Sereias de Jeri, Perfect Days, Cyber Informática, Coral Negro, Asup-Ce, Moviarte Jeri, Um Corre Filmes.

Mídia Oficial: Revista Beach Show, Surfguru, Waves, Canal Off, Jovem Pan Jeri FM, Portal GC+.com.br e Grupo Cidade de Comunicação. Homologação e Chancela: CBSurf e FSEC. Realização: Auêra Auára Produção e Eventos.

Por George Noronha

Galeria de Imagens